quinta-feira, janeiro 08, 2009

Parda




















Ficha Artística


Texto - Gil Vicente
Adaptação, direcção e encenação - Pedro Estorninho
Interpretação - Inês Leite
Cenografia - Ricardo Preto e Teresa Alpendurada
Desenho de luz - Francisco Tavares Teles
Sonoplastia - Rui Lima
Produção executiva - Vera Miranda

Sinopse

Maria Parda e o seu pranto foi (não nos falhe a memória) um dos primeiros monólogos escritos para uma personagem feminina. Gil Vicente escreveu-o em 1522.
Maria Parda retrata a estória (dentro da história) de uma mulher viciada em álcool, que habita nas ruas de Lisboa e busca incessantemente alguém ou algum tasqueiro que lhe fie um canudo de vinho.
Isto seria a sinopse que se adaptaria, mas Gil Vicente tem com este texto um sub-texto muito mais rico, profundo e humano tocando mesmo um dos assuntos eminentes, a Fome, a Mendigagem, a imposta Solidão e Miséria.
O Teatro Ensaio quis ir por um caminho pouco usual, decidiu uma abordagem mais fria, negra e não humorística desta peça.

Sem comentários: