quarta-feira, dezembro 16, 2015

TEatroensaio Fora de Palcos e CINENSAIO - Nos dias 18 e 19 de Dezembro


TEatroensaio Fora de Palcos 2015
Data: Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2015, 21h00
Local: Teatro Carlos Alberto
Entrada Livre

1. Lançamento da publicação “Ensaios de Teatro” Nº 4 (quinta Edição)
Coprodução TEatroensaio / Deriva Editores
Com Inês Leite e Pedro Estorninho

2. Apresentação do Texto vencedor do DramaTEns 2014 – Concurso anual de Dramaturgia do TEatroensaio
“Sopros de Paz e Guerra” de Odir Ramos da Costa
- Leitura Encenada de excertos do texto
Direcção: Inês Leite
Interpretação: Guilherme de Sousa, José Topa, Patrícia Teixeira, Tiago Regueiras.

CINENSAIO
Data: Sábado, 19 de Dezembro de 2015, 21h00
Local: Teatro Carlos Alberto, Porto
Entrada Livre

Extensão do Cinanima - Festival Internacional do Cinema de Animação de Espinho
sessão de filmes premiados

domingo, outubro 25, 2015

Vencedor DramaTEns 2015

O TEatroensaio tem o prazer de anunciar o texto vencedor do DramaTEns 2015:
Sopros de Paz e Guerra
 de Odir Ramos da Costa



Agradecemos a participação de todos os que nos enviaram textos.
A 18 de Dezembro, no Teatro Carlos Alberto, Porto, será apresentada a Leitura Encenada deste texto vencedor, assim como a nova edição (quinta) da revista "Ensaios de Teatro" - Nº 4, onde será publicado este texto.
Em 2016 abrirá nova edição do DramaTEns.
Bem hajam!

A Decisão no Porto


Terminam hoje as apresentações no Porto do Espectáculo "A Decisão"
Com texto de Bertolt Brecht e Música de Hanns Eisler, o TEatroensaio apresenta pela primeira vez em Portugal uma produção profissional deste texto proibido durante tantos anos.
 A Encenação está a cargo de António Durães ea Direcção Musical é de Sérgio Ramos, contando com um excelente elenco.
No Teatro Helena Sá e Costa às 18h. Não percam!

A Decisão
De Bertolt Brecht
Música: Hanns Eisler
Encenação: António Durães
Direcção Musical: Sérgio Ramos

No Teatro Helena Sá e Costa
De 22 a 25 de Outubro de 2015
(quinta a sábado às 21h30, domingo 18h)
Entrada pela Rua da Escola Normal, 39
Info e Bilheteira: 225193760 / 961631382
Preço único 5,00€


Sinopse
Há tantos aspectos a considerar n'A Decisão, de Bertolt Brecht, mas evidenciamos alguns dos desejos de a montar:
 Em primeiro lugar, o facto de se tratar de uma peça política, intervencionista, como praticamente todas as que escreveu, ou não sejam quase todas elas arquitectadas à sombra (ou à luz) de uma ideologia estética-artística-ética e, logo, política.
 Depois, porque se trata de uma peça-limite que também pretende ser uma ferramenta decisiva para a demonstração do seu pensamento.
 Por fim, porque é uma peça-lição. De aprendizagem. Não exclusivamente dos espectadores, mas também pelos actores não exclusivamente nos planos estético ou dramatúrgico. Também na aprendizagem de linguagem. De conceito.

Ficha Artística:
Texto: Bertolt Brecht
Música: Hanns Eisler
Encenação: António Durães
Direcção Musical/ Interpretação Musical: Sérgio Ramos
Interpretação: Cátia Terrinca, Inês Leite, Tiago Moreira, Tiago Regueiras, Valdemar Santos.
Desenho de Luz: Hugo Valter Moutinho
Cenografia: João Sotero
Guarda-Roupa: Inês Moitas

Ficha Técnica:
Operação de Luz: Hugo Valter Moutinho
Registo Vídeo: Eduardo Morais
Registo Fotografia e Direcção Comunicação: Pedro Ferreira
Design Gráfico: Augusto Pires / Makeup Design

Estrutura financiada por: Governo de Portugal | Secretário de Estado da Cultura | Direcção Geral das Artes


Apoios/Parcerias: Esmae/IPP, TNSJ, Cace-IEFP/IP, Cendrev – Teatro Garcia de Resende /CM Évora, AJHLP, APELGA, Makeup Design, Deriva Editores, Moagem Ceres S.A., Festival Cinanima, Teatro Art´Imagem, DST Group.

quinta-feira, julho 09, 2015

Só Se Eu Quiser - Estreia Absoluta


Estreia Absoluta
Só Se Eu Quiser
de Pedro Estorninho
no Teatro Carlos Alberto, Porto
uma coprodução TEatroensaio|Teatro Nacional São João
com Valdemar Santos

mais info em: http://www.tnsj.pt/home/espetaculo.php?intShowID=792

Sinopse:
Este espectáculo apresenta um doente em fase terminal que vê as suas capacidades físicas a desaparecer enquanto mantém a lucidez. Em relação directa com o público vai explorando os temas da doença, incapacidade, solidão, relações familiares e a existência. Um monólogo para um actor, Valdemar Santos, monólogo esse que não revela uma visão confortante do tema, mas antes a apresentação nua e crua da fragilidade humana e da sua perversidade.

Com texto e encenação de Pedro Estorninho este espectáculo pretende trabalhar o tema da tomada de decisão em contexto íntimo e pessoal (perante a doença e a inevitabilidade da morte). Constrangimentos físicos e psicológicos, historial de vida, um tema com amplas repercussões a nível da sociedade portuguesa e europeia, à medida que as suas populações vão envelhecendo e que a esperança média de vida vai aumentando.

Ficha Artística:
Texto e Encenação: Pedro Estorninho
Interpretação: Valdemar Santos
Desenho de Luz: Romeu Alves Guimarães
Guarda-Roupa: Inês Mariana Moitas
Vídeo: Eduardo Morais
Cenografia: TEatroensaio
Co-Produção: TEatroensaio/TNSJ

Ficha Técnica:
Direcção de Produção: Inês Leite
Montagem e Operação de Luz e Som: Hugo Valter Moutinho
Construção de Cenografia e Montagem: José Lopes
Direcção de Comunicação: Pedro Ferreira

Projecto Financiado por:
Governo de Portugal|Secretário de Estado da Cultura|Direcção Geral das Artes

Apoios/Parcerias:
Cace Cultural do Porto - IEFP/IP | ESMAE/IPP | TNSJ | Moagem Ceres S.A. | Deriva Editores | AJHLP | Makeup Design | APELGA | Teatro Art´Imagem | Festival Cinanima

Agradecimentos:
ANEM – Associação Nacional de Esclerose Múltipla

sexta-feira, abril 10, 2015

As "Mulheres em Lorca" na rádio nacional espanhola - Rádio 5
Entrevista de Pedro Estorninho ao programa: Una Casa Portuguesa

http://www.rtve.es/alacarta/audios/una-casa-portuguesa/casa-portuguesa-mujeres-lorca-10-04-15/3083444.shtml

quarta-feira, março 18, 2015

quarta-feira, março 11, 2015

Oficina de Introdução ao Teatro


Já estão abertas as inscrições para a:
Oficina de Introdução ao Teatro

Formadores: Inês Leite e Pedro Estorninho
Datas:
27, 28 e 29 de Março de 2015
Horário: Sexta das 20h30 às 23h30, Sábado e domingo das 15h às 18h30
Local: Grande Auditório, Cace Cultural do Porto
(antiga central eléctrica, Rua do Freixo, 1071 - metro e cp: campanhã; Bus: 400 e 205 paragem EDP. Estacionamento Gratuito)

Curso para maiores de 15 anos
Número máximo de participantes: 20
Número mínimo de participantes: 8
(inscrições abertas até dia 25 de Março, sujeito a confirmação)
Nº total de Horas: 10 horas;
Custo: 35 €/participante;
(os participantes deveram trazer fato-de-treino e sapatilhas)

Para mais informações ligue 918626345 ou 937017575. 
Inscrições: teatroensaio@gmail.com
envie-nos um email com o seu nome completo, idade, contacto telefónico
e morada.

Temas abordados na Oficina:
- História do Teatro;
- Dinâmicas de Grupo e Jogos Teatrais;
- Corpo;
- Voz;
- Improvisação;
- Interpretação.

Formadores:
Inês Leite
Licenciatura em Estudos Teatrais (2005) e Bacharelato em Teatro-Interpretação, ESMAE – IPP.
Como actriz trabalhou com encenadores como António Durães, Pedro Estorninho, Lee Beagley, José Carretas e em companhias como Panmixia AC, Produções Suplementares, Teatro das Beiras e TEatroensaio onde exerce o cargo de Directora desde a sua fundação. Em cinema trabalhou com Raquel Freire no filme “Veneno Cura” e Eduardo Sousa.
Como encenadora apresentou “Transumância”, “Arte de Ser” e “Pássaro de Papel” (TEatroensaio 2014, 2013, 2010), “Morte e Vida Severina” de João Cabral de Mello Neto (CCVF, Guimarães, 2010) e integra o Programa Paredes com Teatro, onde encenou 14 peças desde 2006, entre outros. Foi professora de Expressão Dramática durante vários anos.
Trabalhou como Assistente de Encenação com António Durães e Pedro Estorninho (TEatroensaio, 2009 e 2010) e João Mota (ESMAE – IPP,
2009-2010). Trabalhou como Orientadora de Projectos Independentes na ESMAE (2º Ano) durante o ano lectivo de 2009 e 2010.

Pedro Estorninho
Actor e encenador, trabalhou em diversas companhias portuguesas e estrangeiras. Dramaturgo e director artístico do TEatroensaio.

segunda-feira, março 09, 2015

Lançamento publicação Ensaios de Teatro Nº 3 na ESAG - Gaia


O TEatroensaio, a APELGA e a ESAG apresentam:

Lançamento da publicação 
Ensaios de Teatro Nº 3 (quarta Edição)

Escola Secundária Almeida Garrett (Auditório Dr. Agostinho Gomes), V. N. Gaia
Sexta-feira, 13 de Março de 2015, 21h30
Coprodução TEatroensaio / Deriva Editores
com Augusto Pires e Pedro Estorninho

Ensaios de Teatro Nº 3 (quarta edição)
Editor: Pedro Estorninho
Redacção: Inês Leite e Pedro Ferreira
Design Gráfico: Augusto Pires – makeup design
Coprodução TEatroensaio / Deriva Editores
Textos de: Pedro Estorninho, Eduardo Baltar Soares, Inês Leite, Carla Morgado, Honorato Esteves, Miriam Halfim, José Russo, Zeferino Mota, Afonso Cruz, Sérgio Lopes e Isabel de Sena

Publicação do Texto Vencedor do DramaTEns 2014 – Concurso Anual de Dramaturgia do TEatroensaio:
“ O Herói de Bordéus – Aristides de Sousa Mendes” De Miriam Halfim

Parcerias: IEFP,IP – Cace Cultural do Porto, Deriva Editores, Esmae-IPP, Teatro Art´Imagem, Cinanima, Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto, APELGA

Apoios: Embaixada de Espanha, Câmara Municipal do Fundão, Câmara Municipal da Guarda, Junta de Freguesia de Famalicão da Serra, Junta de Freguesia de Fernão Joanes, Junta de Freguesia de Videmonte,  TNSJ, Moagem Ceres S.A., IEFP, Makeup Design, Vinhos Fonseca.

Projecto Financiado pelo Governo de Portugal / Secretário de Estado da Cultura / DGArtes

Sinopse: A Publicação Anual “Ensaios de Teatro” segue já na sua quarta edição. Procurando contribuir para a divulgação do Teatro e da Dramaturgia em português, esta revista é uma coprodução do TEatroensaio e da Deriva Editores.
 Esta publicação conta com textos sobre os autores e peças apresentadas pela companhia, a publicação do texto vencedor do Concurso Anual de Dramaturgia e a secção EntreEnsaios, com temas mais abrangentes que promovam o pensamento e a criação artística.

 Em edições anteriores contou com textos de: Alain Maillard, Alberto Medalla, Ana da Palma, Ana Maria Ribeiro, António Durães, Cátia Terrinca, Eduardo Morais, Gil Costa Santos, Graça dos Santos, Gustavo Guerra, Günter Heeg, Jaime Froufe Andrade, Jorge Deserto, José Leitão, Márcio Boaro, Paulo Barrosa, Pedro Estorninho, Pedro Sobrado, Ricardo Boléo, Sérgio Lopes, Victor Pinto.

segunda-feira, fevereiro 23, 2015

Filme na ESAG


O TEatroensaio, em parceria com a APELGA e a ESAG, apresenta:
A última encenação de Joaquim Benite
Não basta dizer "não"
filme de Catarina Neves

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015, 21h30
Escola Secundária Almeida Garrett (Auditório Agostinho Gomes), Vila Nova de Gaia
Entrada Gratuita

segunda-feira, fevereiro 09, 2015

DramaTEns 2015


DramaTEns 2015
Concurso Anual de Dramaturgia do TEatroensaio

Objectivos:
Incentivar e divulgar a criação dramatúrgica em língua portuguesa.

Calendário:
Data de Abertura: 6 de Fevereiro de 2015.
Data Limite para a Entrega dos textos: 21 de Junho de 2015, 17h.
Data de Anúncio do Vencedor: 25 de Outubro de 2015.
Data de Publicação e Apresentação pública do texto: 11 de Dezembro de 2015.

Regulamento
1.      Quem pode concorrer?
1.1.Maiores de 18 anos.
1.2.Cidadãos portugueses (residentes ou não em Portugal) e cidadãos de países de Língua Oficial Portuguesa;
1.3. Não poderão concorrer autores que mantenham vínculo de natureza laboral ou cargo na entidade promotora (TEatroensaio – Teatreia Associação Cultural);
1.4. Os concorrentes poderão candidatar-se com um ou mais textos da sua autoria, desde que anónimos, originais e inéditos.

2.      Qual o formato e tipo de textos a concurso?
2.1.Os textos a concurso têm tema livre e deverão ser escritos em português e serem originais e inéditos (sem qualquer apresentação prévia, seja sob a forma de leitura, espectáculo ou edição) nem premiados/distinguidos em concurso anteriormente. (mesmo com diferente título);
2.2.Texto tem de permitir um espectáculo com uma hora de duração (60m);
2.3. Número de personagens não superior a cinco.
2.4. Tipo de letra: Times New Roman, tamanho de Letra: 14, parágrafos/espaçamento entre linhas de 1 (simples).
2.5. Os originais deverão ser assinados com pseudónimo. Caso o concorrente se candidate com várias obras deverá assinar cada obra com um pseudónimo diferente.

3.      Como e quando deverão ser entregues os textos a concurso?
3.1.Os textos deverão ser entregues até 21 de Junho de 2015 às 17h (hora de Lisboa).
3.2.A divulgação de qualquer elemento que permita a identificação do original e seu autor implica a exclusão do mesmo.
3.3. O Texto poderá ser remetido via email ou via correio registado.
No caso de ser enviado via email (recepção sujeita a confirmação via email):
- o texto deverá ser enviado para o email: dramatens.teatroensaio@gmail.com
O email emissor não poderá conter nenhum nome ou alusão ao autor, mas apenas ao pseudónimo.
     No caso de ser enviado por correio registado:
     - o texto deverá ser enviado para a seguinte morada:
DramaTEns TEatroensaio
Rua Alfredo Keil, 243, h. 15
4150 – 049 Porto, Portugal
     - O texto deverá ser enviado num envelope, donde constará no remetente apenas o pseudónimo respectivo. Os textos cujo carimbo ultrapasse a data de entregue serão excluídos do concurso;
     - o texto deverá vir acompanhado de um envelope fechado contendo no seu interior o nome e contacto do autor, e no seu exterior o pseudónimo utilizado e o título do texto.
     - os envelopes contendo o nome do autor do texto premiado serão abertos apenas após decisão final do júri.

4.      Constituição do Júri
4.1. O Júri será composto por 5 elementos (sendo três elementos pertencentes à direcção da Teatreia Associação Cultural e os restantes convidados pela mesma).
4.2. As decisões do júri não são sujeitas a recurso.

5.      Prémio
5.1 O título da peça premiada e respectivo autor será anunciado a 25 de Outubro.
5.2. O texto vencedor será publicado na revista “Ensaios de Teatro” Nº 4. Será entregue um troféu simbólico e duas cópias da revista ao autor.
5.3 O texto vencedor será lido publicamente a 11 de Dezembro de 2015, no Salão Nobre do Teatro Nacional São João no Porto, sendo esta leitura dirigida pela companhia TEatroensaio.
5.4 O júri não é obrigado a atribuir o prémio, se assim o entender.

6.      Disposições Finais
6.1.A entrega dos originais implica o conhecimento e a concordância do seu autor com todas as cláusulas constantes deste regulamento.

6.2. Os casos omissos ou dúvidas interpretativas serão resolvidos pelo TEatroensaio – Teatreia Associação Cultural, e da sua decisão não haverá recurso.