sexta-feira, maio 26, 2017

Estreia



Sexta-feira, 26 de Maio de 2017, 21h30 - Local: Sociedade Filarmónica 1º de Abril Vimieirense
Sábado, 27 de Maio de 2017, 21h30 - Local: Sociedade Musical União Vimieirense
Sessão Extra: Domingo, 28 de Maio de 2017, 21h30 – Local: Sociedade Filarmónica 1º de Abril Vimieirense

Entrada gratuita e sujeita à lotação da sala (abertura bilheteira no local do espectáculo às 20h30)
Duração aprox.: 60m | Classificação etária: maiores de 6 anos

Ficha Artística

Direcção Artística, Texto e Encenação: Pedro Estorninho
Assistência de Encenação: Inês Leite
Direcção Musical: Paulo Silva
Interpretação: Ana Coelho, Agripina Ramalho, Angélica Toquito, António Barbosa, António Dionísio, António Maria Soares, Augusta Barbosa, Francisco Barbeiro, José Francisco António, Maria Toquito, Pedro Coelho, Rui Lobo
Interpretação Musical: Ângelo Cunha, Euclides Silva, Fábio Silva, Luís Barbosa, Luís França, Miguel Domingos, Paulo Silva, Vasco Matão
Parcerias: Sociedade Musical União Vimieirense e Sociedade Filarmónica 1º de Abril Vimieirense
Apoios/Parcerias do TEatroensaio: IEFP,IP - CACE Cultural Porto|ESMAE – IPP| TNSJ|Moagem CERES S. A.|Deriva Editores|AJHLP|Makeup Design|CINANIMA
Coprodução TEatroensaio | Câmara Municipal de Arraiolos
Projecto Financiado pelo CIMAC/ Alentejo em Cena

Ficha Técnica
Frente-de-Casa: Guilhermina Reis, Maria José Polha
Adereços e Guarda-Roupa: Inês Leite, Maria Toquito, Pedro Coelho
Contra-Regra: Angélica Toquito, Francisco Barbeiro
Técnico de Cultura responsável: João Leitão
Design Gráfico: Constantina Arnaud e Victor Hugo Carrasqueira

Sinopse:

O Teatro Universal, O Teatro do Afecto!!!
Falar de Teatro é sempre (incondicionalmente) falar de História! Neste caso falamos da História do Teatro no mundo, que já vai com cerca de três mil anos, sim é isso mesmo, o teatro existe há cerca de três mil anos! Nascido, criado e lançado para o mundo, daquela (então) pequena cidade chamada de Atenas!
Mas também aqui falamos da História do Teatro no Vimieiro! Completo está o panorama, o mote, o assunto, se quiserem, o tema! Dois meses de muito trabalho, dois meses de muito afecto partilhado com estes já, e assim posso dizer, companheiros de tábuas!
E que belo foi, tem sido e quem sabe continuará a ser. Pensámos, escrevemos, trabalhámos teatro e quando assim é, estamos dentro da mais bela máquina do mundo, sim o teatro!
Tenho de agradecer também à Câmara Municipal de Arraiolos por me ter proporcionado esta bela aventura no Vimieiro.
Aos meus companheiros e população que nos apoiou digo, com a maior sinceridade, Bem Hajam e Até Já!!!

Pedro Estorninho
Encenador, Director Artístico TEatroensaio